• Arquivos categorizados Contabilidade
  • SIMPLES – Verifique se sua empresa foi aceita.

    20150326_blog_simples
    Muitas empresas de Fisioterapia já foram qualificadas no anexo III do SIMPLES.


    Em 2014 aconteceu uma das maiores conquista para as Empresas Prestadoras de Serviços de Fisioterapia. Essas foram qualificadas no ANEXO III DO SIMPLES NACIONAL.

    Desde janeiro de 2015 que muitas empresas deram entrada no SIMPLES. Veio a ansiedade para a confirmação, pois esse é um serviço realizado por profissionais contabilistas, e não, por nós, Fisioterapeutas Empresários.

    Preparei algumas orientações para que você, ASSINANTE DE NOSSO BLOG, possa conferir se sua empresa foi aceita no SIMPLES.

    Certidao_Simples

    1) Acesse o site: http://www8.receita.fazenda.gov.br/SIMPLESNACIONAL/

    2) Escolha a aba SIMPLES SERVIÇOS/Consulta optantes

    3) Abaixo de serviços disponíveis escolha “consulta optantes”

    4) Digite o seu CNPJ e as letras à Esquerda

    5) Veja a certidão

    Certidao_simples_Fisio

    Há uma outra forma, mas essa normalmente é feita pelo contador:

    Certidao_Simples_2

    1) Acesse o site: http://www8.receita.fazenda.gov.br/SIMPLESNACIONAL/

    2) Escolha “Todos os serviços” no final da seleção

    3) Abaixo de serviços disponíveis escolha “Acompanhamento da Formalização da Opção pelo Simples Nacional”

    4) Clique em CPF/CNPJ na mesma linha. Para isso você precisará de um código que foi lhe dado no inicio do pedido de migração para o SIMPLES

    Veja o termo de deferimento:

    Termo de Deferimento

    Veja a declaração de isenção que deve ser entregue a todas as empresas(operadoras etc) que se relacionam com a sua, porém algumas operadoras estão exigindo a declaração do contador, acima descrita:

    Declaração_isenção

    Baixe o arquivo:

    Declaração Isenção Retenção – SIMPLES

     

    Todo esse trabalho foi realizado pela contadora Dra.Kiara Pinheiro.

     

    Luis Henrique Cintra
    Consultor em Serviços de Saúde

     

     


  • Financiamento ou empréstimo? Entenda a diferença.

    2015_03_20_blog_lhcO empreendedor que deseja realizar alguma atividade que vise construir, melhorar ou ampliar suas instalações ou serviços deve sempre preferir uma atividade de financiamento invés de empréstimos.

    Os financiamentos são, normalmente, mais burocráticos, e especificamente destinados a um propósito como a aquisição de microcomputadores, veículos etc. É comum também que seja exigida uma garantia sobre o que foi financiado. Há programas em que a garantia é o próprio bem financiado. Falamos que o bem está “alienado” até a quitação da operação. As vantagenes do financiamento são:

    • Disponibilidade de valores mais altos;
    • Prazos estendidos
    • Jjuros mais baixos,

    Ttudo isso devido, muitas vezes, à importante participação do governo em subsidiar a operação.

    Os empréstimos são mais simples e muitas vezes já disponibilizados para o cliente na abertura de sua conta. Os recursos liberados são, normalmente, em valores mais baixos, porém com taxas de juros bem maiores. Veremos que há vários tipos de empréstimos, em termos financeiros o que diferencia-os é a rapidez para sua utilização.

    Abraço a todos,

    Luis Henrique Cintra