• Fisioterapia Unifor está de parabéns.

    Turma UNIFOR
    Fiquei muito satisfeito com as respostas, pois, tal assunto não é tão comum entre o corpo discente das instituições de ensino. A turma da FISIOTERAPIA UNIFOR está parabéns pela participação e interesse, e acredito ter alcançado meu objetivo.

    Dia 14/09/2015 tive a oportunidade de falar, mediante convite de meu amigo Paulo Henrique Palácio, para acadêmicos do sexto semestre do curso de Fisioterapia da UNIFOR. O tema era Fisioterapia & Operadoras de Planos de Saúde.

    Resolvi, antes de começar os trabalhos,  passar uma lista de chamada sobre o interesse da turma nesse tipo de assunto. Expliquei o motivo e pedi o máximo de honestidade da turma. O resultado foi:

    • Não me interessa: 0
    • Talvez me interesse depois: 1
    • Muito me interessa: 36

    Fiquei muito satisfeito com as respostas, pois, tal assunto não é tão comum entre o corpo discente das instituições de ensino. A turma da FISIOTERAPIA UNIFOR está parabéns pela participação e interesse, e acredito ter alcançado meu objetivo.

    Aos poucos, vamos criando uma visão mais empreendedora nos futuros profissionais que caracterizarão nossa profissão.

    Vamos em  frente tente, o FUTURO É DE NOSSA RESPONSABILIDADE.

    Fiquei devendo informações sobre o curso FISIOTERAPEUTAS EMPRESÁRIOS, acesse:

    Abraço a todos

    Luís Henrique Cintra


  • Série Contratos – RN 363, artigo 8.

    Deve haver previsão expressa sobre a possibilidade de exclusão ou inclusão de procedimentos durante a vigência do contrato.
    Deve haver previsão expressa sobre a possibilidade de exclusão ou inclusão de procedimentos durante a vigência do contrato.

    Art. 8º O objeto e a natureza do contrato devem ser expressos, incluído o regime de atendimento e os serviços contratados.

    Parágrafo único. Deve haver previsão expressa sobre a possibilidade de exclusão ou inclusão de procedimentos durante a vigência do contrato.

    COMENTÁRIO

    Surgem na Fisioterapia, assim como nas demais áreas da saúde, procedimentos novos. Outros, devido, a parcos resultados, ou pouco uso dos clientes, caem no esquecimento. Porém há empresas que se direcionam em atender procedimentos específicos e daí, algumas operadoras alegando que o procedimento não é do Rol da ANS acabam excluindo a revelia tal ítem sem o prévio acordo contratual.

    Abraço a todos

    Luis Henrique Cintra


  • Aikido – O caminho da energia hamoniosa.

    2015_09_01_aikido
    Um ciclo não se acaba, ele apenas toma novas proporções. Será dessa forma que começarei a exercitar minha perseverança, paciência e respeito frente às novas competências.

    Dia 31/08/2015 seria apenas mais um treino, um momento que, por algumas horas, encontramos no tatame nosso melhor amigo. Praticar o Caminho da Energia Harmoniosa foi uma das formas mais eficazes de entender o verdadeiro Budo no Linsei Dojo.

    A final do treino meu Sensei, Paulo Lins, fala: – Luís convide seu companheiro de exame, iremos realizá-lo agora. Na prática, bastava lembrar dos inúmeros treinos que fiz e repetí-los, mas, na essência, consistiu na conclusão de uma etapa que quase me afastou por definitivo do AIKIDO.

    Há infinitas formas de manifestação do bem e do mal em nossos cotidianos. Por centenas de vezes eu justificava para mim e outrem os motivos que me afastaram do caminho, porém, como sempre, DEUS se manifestou pelas palavras de uma paciente minha, Sandra Macedo, quando ao longo de um atendimento eu disse:

    – Poxa Sandrinha, eu tinha tanta vontade de voltar a treinar…

    – Luis, você já me disse isso.

    Essas 6 palavras me fizeram enxergar aquilo que, inúmeras vezes, é fácil  falar, mas terrível de praticar. Nós construímos nosso caminho, somos responsáveis por tudo que acontece de bom e ruim em nossas vidas.

    No mesmo dia liguei para meu Sensei, ele não pode atender, mas, quando cheguei no Dojo o mesmo me recebeu de braços abertos, como um filho que retorna após os anos de rebeldia.

    Um ciclo não se acaba, ele apenas toma novas proporções. Será dessa forma que começarei a exercitar minha perseverança, paciência e respeito frente às novas competências.

    GAMBARU

    Luis Henrique Cintra


  • Série Consultoria – O público alvo

    Um dos maiores quesitos para quem deseja atingir um público diferenciado, por exemplo, é segurança. Pense que um estacionamento totalmente privativo pode ser a ameixa de seu bolo.
    Um dos maiores quesitos para quem deseja atingir um público diferenciado, por exemplo, é segurança. Pense que um estacionamento totalmente privativo pode ser a ameixa de seu bolo.

    A definição do público alvo deve ser a primeira resposta que o empreendedor deve responder antes de montar o seu negócio em Fisioterapia. A partir dessa, o mesmo guiará uma sequência de ações destinadas atingir seu objetivo inicial. Se não vejamos:

    – O seu negócio deve está localizado nas proximidades de seu cliente, já que a Fisioterapia muitas vezes é seriada.

    – O seu negócio deve ter estrutura adequada para atender os seus clientes, imagine um cliente com dor de coluna subindo ou descendo escadas.

    – O seu negócio deve ter preços ou convênios voltados para um tipo específico de cliente,

    – O seu negócio deve anunciar direcionando a publicidade para um cliente específico

    – O treinamento burocrático de seus funcionários deve ser voltado para resolver problemas específicos originados por clientes também específicos.

    Enfim, poderíamos ficar enumerando muitas situações onde o público alvo seria sempre o ponto de partida. Infelizmente, muitos colegas não conseguem ter sucesso em seus empreendimentos por não seguirem essa regra básica. Sempre ofereço o exemplo da Coca-cola que pode ser paga em diferentes valores, porém, isso é feito para diferentes público mesmo sendo o mesmo produto.

    Um dos maiores quesitos para quem deseja atingir um púlbico diferenciado, por exemplo, é segurança. Pense que um estacionamento totalmente privativo pode ser a ameixa de seu bolo.

    Abraço a todos

    Luis Henrique Cintra


  • Apfisio – exemplo a ser seguido na Fisioterapia.

    Os resultados obtidos mostram, além da competência negocial de toda a equipe da APFISIO/SE, que o sonho de uma remuneração justa junto às OPS baseia-se em nosso processo organizacional e adesão dos prestadores frente a causas comuns a categoria.
    Os resultados obtidos mostram, além da competência negocial de toda a equipe da APFISIO/SE, que o sonho de uma remuneração justa junto às OPS baseia-se em nosso processo organizacional e adesão dos prestadores frente a causas comuns a categoria.

    Nos dias 28 e 29 de agosto/2015 tive o privilégio de ser convidado por meu amigo Lucas Moraes Rego para participar do I Encontro APFISIO-SE/FENAFISIO. O evento aconteceu no Del Canto Hotel – Aracaju/SE.

    Empresários, professores e acadêmicos estiveram presentes debatendo antigos impasses comuns entre as Operadoras de Planos de Saúde e os Prestadores de Serviços de Fisioterapia. Necessário mencionar que o evento teve o total apoio do CREFITO 7 representado por Dr. Cleber Sady e Dr.Mauricio Dourado Rocha.

    O principal patrocinador do evento foi a empresa Persyos Sistemas Customizados(Artini Lemos, Raphael Alencar, Silvio Diniz) desenvolvedora do PERFISIOS, software de gestão para Serviços de Fisioterapia. Faturamento eletrônico, acesso em dispositivos móveis e adaptabilidade às necessidades de cada empresa são algumas das características comuns ao produto, e que ajudarão os Fisioterapeutas Empresários a conhecerem mais o seu negócio  projetando-se, assim, para o futuro.

    O modelo estratégico praticado em  Aracaju de convidar o Ministério Público como mediador das negociações, paralisações temporárias, cobertura da imprensa e um alto índice de adesão fez a UNIDAS acatar parte de nosso referencial que será escalonado ao alongo dos próximos anos.

    Os resultados obtidos mostram, além da competência negocial de toda a equipe da  APFISIO/SE, que o sonho de uma remuneração justa junto às OPS baseia-se em nosso processo organizacional e adesão dos prestadores frente a causas comuns a categoria.

    Parabéns a todos os amigos Sergipanos pela coragem, iniciativa e ganhos. Que vossas ações ecoem por todo o Brasil.

    Abraço a todos

    Luis Henrique Cintra


  • Conheça a Margem de Contribuição?

    Como os impostos são os mesmos, o que influenciará para o aumento ou diminuição da Margem será o valor pago pelas comissões negociadas com aqueles que trabalham na empresa.
    Como os impostos são os mesmos, o que influenciará para o aumento ou diminuição da Margem será o valor pago pelas comissões negociadas com aqueles que trabalham na empresa.

    A Margem de Contribuição para uma empresa de Fisioterapia é o percentual que sobra, após retirarmos as despesas comerciais (impostos) e custos variáveis (comissões), para pagarmos os custos fixos por ela gerados. Como os impostos são os mesmos, o que influenciará para o aumento ou diminuição da Margem será o valor pago pelas comissões negociadas com aqueles que trabalham na empresa.

    Pense nisso antes de negociar uma produtividade.

    Um abraço,
    Luis Henrique Cintra


  • Série 16 Erros – Erro 06 – plano de contingência

    plano-bbSun Tzu o maior estrategista da história descreve que temos que transformar nossa desvantagem em maior vantagem. As vitórias ou derrotas na vida empresarial representam etapas no processo de aprendizagem. É sempre bom manter-se motivado, mas é péssimo criar expectativas  que podem nos cegar ou ensurdecer.

    Certa vez, um casal de fisioterapeutas que tinha uma pequena clínica resolveu contratar um consultor  com o objetivo de motivar a equipe de sua empresa através de um PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. O propósito seria conseguir tornar a equipe mais coesa, justamente, para melhorar as chances de sobrevivência no mercado. Ao longo do treinamento, esses profissionais “revelaram-se”, e,  acabaram saindo da empresa, iriam, tentar, desbravar o mercado sozinhos. Um dos sócios, então, perguntou:

    – E agora, ninguém vai ajudar a gente a pagar as contas da clínica, vamos ter que fechar?

    O outro na mesma hora respondeu:

    – Não, vamos ter a oportunidade de transformar a clínica em algo que sempre desejamos. Vamos informatizar, vamos criar campanhas de marketing, vamos melhorar as condições de trabalho para as pessoas do suporte e vamos morar na clínica, assim, teremos os funcionários, já pagos pela clínica nos ajudando com os afazeres domésticos e ainda não gastaremos com aluguel. Vamos, assim, fazer mais com menos, Será, agora, o momento da virada.

    Isso aconteceu há 14 anos, e, até hoje a Clínica Somma, ainda está de pé, e é nela que fundamentamos todas as nossas idéias de gestão e empreendedorismo em fisioterapia. Infelizmente o mesmo não aconteceu com aqueles que saíram. Alguns deixaram a profissão e outros apresentam grandes dificuldades de estabelecer-se num determinado ponto comercial devido ao custo de todo o processo.

    Abraço a todos

    Luis Henrique Cintra