Paralisação Fisioterapia

Paralisar uma prestação de serviços dá idéia de interromper algo que esta em movimento e que o retorno esta condicionado a uma NEGOCIAÇÃO. Essa acontecerá com base em valores que antes eram praticados. É assim que funciona com as mobilizações de trabalhadores visando melhores salários. Qualquer autarquia questionará as nossas boas intensões se ficarmos insatisfeitos com 100% de aumento. Eu pergunto: Esse reajuste aproxima os valore hoje pagos dos valores tão arduamente calculados e apresentados em nosso RNPF. Uma Paralisação, ou suspensão de serviços, cria a possibilidade de descredenciamento dos líderes e de pequenos prestadores fieis ao movimento. Mesmo que a RN 365 garanta que um novo prestador deve ser contratado, isso não repara o dano anterior, a não ser para o usuário.

Finalização de um serviço prestado constitui que aquele contrato bom ou ruim chegou ao fim. Para isso existe um tempo mínimo de comunicação prévia. Caso a OPS tenha interesse de “recontratar”  o prestador a situação se inverte. Ai sim INICIAREMOS O QUE DESEJAMOS, as OPS terão que correr contra o tempo, pois NÃO PODEM FICAR SEM FISIOTERAPIA ofertada a seus usuários.Nesse momento o CREFITO poderá agir de forma disciplinar em orientar os profissionais ou prestadores não aceitem os novos contratos pois esses estão com valores VIS.

Luis Henrique Cintra