• Arquivo de marcações lucro na fisioterapia
  • Você sabe o que é lucro presumido?

    O Governo Federal presume que algumas empresas prestadoras de serviços de saúde, quando enquadradas como lucro presumido, tem 32% de lucro líquido.
    O Governo Federal presume que algumas empresas prestadoras de serviços de saúde, quando enquadradas como lucro presumido, tem 32% de lucro líquido.

    O Governo Federal presume que algumas empresas prestadoras de serviços de saúde, quando enquadradas como lucro presumido, tem 32% de lucro líquido. Isso significa que por cada procedimento recebido no valor de R$ 100,00, por exemplo, após pagarmos tudo(custos fixos e alguns variáveis) teríamos ainda um lucro de R$32,oo. Sobre esse valor gera-se uma alíquota de 15% para o calculo do IRPJ(Imposto de Renda da Pessoa Jurídica) e 9% para cálculo da CSLL(Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). Existem ainda mais 2 impostos que incidem sobre o faturamento bruto, são eles a COFINS(Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social)  e o PIS (Programa de Integração Social). Veja as alíquotas:

    Sobre essa alíquota o governo tributará empresa da seguinte forma:

    • IRPJ – 15% dos 32% = 4,8% do faturamento bruto
    • CSLL – 9% dos 32% = 2,88% do faturamento
    • COFINS – 3% do faturamento bruto
    • PIS – 0,65% do faturamento bruto

    Uma grande vitória foi alcançada me 2014 quando a Fisioterapia conseguiu se inserir no anexo IV do SIMPLES. Nesse regime tributário as alíquotas podem ficar em 6%, mas isso vai depender do faturamento anual.

    Abraço a todos,

    Luis Henrique Cintra


  • O que são custos fixos?

    Custos Fixos não se relacionam com a atividade.
    Custos Fixos não se relacionam com a atividade.

    Há uma certa interpretação errada frente aos custos fixos de uma empresa. Fala-se que custo fixo é aquele que não muda, na realidade não é bem assim. Chamamos custos fixos aqueles que não se relacionam diretamente com a prestação de serviços de saúde em si, ou então, contribuirão de maneira muito pequena para isso.

    Utilizaremos esse conhecimento para calcularmos, por exemplo, quando gastamos por hora com o pagamento do aluguel. Imagine que esse seja de R$ 1200,00 e que seu consultório funciona por 20 dias úteis no mês e por 8 horas diárias. No final, veremos que você paga R$ 7,50 por cada hora de aluguel a cada mês, o mesmo acontecerá com os gastos com energia, telefone, água, luz e folha de pagamento, dentre outros.

    Por isso, temos que ser altamente rigorosos com o tempo. Quanto menos disponíveis somos, mais caro, para nós, torna-se nossa hora.

    Um abraço,
    Luis Henrique Cintra